Um conteúdo valioso conquista muito mais nas redes sociais

Que o brasileiro adora uma rede social, isso todo mundo sabe. Nós estamos entre os cinco países que mais consomem acesso a internet. Ou seja, diariamente somos mais 122 milhões de pessoas conectadas compartilhando conteúdo, postando fotos, vendo e produzindo vídeos e tudo mais que as mídias sociais têm a nos oferecer.

Agora, fica a pergunta: a sua empresa está produzindo conteúdo no Facebook, Instagram, Snapchat ou blog, para conquistar novos clientes, que instiguem o compartilhamento e acesso as suas redes? Se você não produz nada de relevante, caro amigo, lamentamos informar que seu negócio está perdendo um quinhão dos que estão lucrando ao introduzir estratégias de marketing digital. Vamos explicar porque essas estratégias fazem toda diferença!  😉

Produza conteúdo da maneira certa

Por estarmos cercados de plataformas digitais a nossa volta, o conteúdo torna-se cada vez mais um diferencial para as empresas. Entretanto, um dos maiores erros das empresas ao adentrarem ao universo online é “empurrar” o produto goela abaixo para o seu consumidor, assim como é feito na mídia tradicional. Vá com calma!

Claro que é preciso divulgar sua mercadoria, afinal você quer vender, porém encher a timeline de alguém só com fotos ou informações técnicas sobre o que você produz, fará sua empresa passar batido frente às demais que apresentam conteúdo valioso e diferenciado.

Conteúdo valioso faz a diferença

Nas redes sociais quem manda não é o dinheiro investido em publicidade, quem manda é a relevância do conteúdo. Conheça seu público-alvo, entenda quais seus problemas e ofereça, através do seu conteúdo, soluções. Essa é uma das premissas para uma estratégia de conteúdo eficaz. Quanto mais psicológico, melhor. Entender o comportamento do seu cliente ajuda, e muito, na hora de gerar conteúdo.

Uma dica simples: coloque-se no lugar do consumidor. Pense que conteúdo você gostaria que determinada empresa te oferecesse. Por exemplo, uma empresa fabricante de farinha. Provavelmente não vai querer ler apenas sobre a qualidade da farinha produzida, mas em quais receitas eu posso utilizá-la. Quando o usuário cai no seu site e você está ensinando, ele também pode comprar ou não, mas há uma diferença: se ele não comprar, há ainda uma considerável chance de continuar acompanhando seu conteúdo ou até de indicar para amigos. Cria-se um vínculo, independente do momento de compra do cliente. Além de aumentar as chances dele compartilhar o que foi postando, atingindo mais e mais pessoas.

Gostou deste post? Então compartilhe com seus amigos! 🙂

Andressa Prates

Andressa Prates

Quando se formou em Jornalismo, o sonho da Andressa era trabalhar no falecido site Ego (de celebridades e fofocas). Mas se encontrou em uma agência de Marketing Digital, onde pode colocar em prática sua paixão pela escrita, cercada de gente tão louca quanto ela. Além de escrever, Andressa gosta de música, séries e pipoca com leite condensado. Nós também!

xxxxxxxxxx